Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Mega operação policial sufoca o tráfico de drogas no Lagomar

A ação contou com 60 policiais militares e civis, com o objetivo de combater o tráfico e cumprir mandados de prisão

Em 26/04/2012 às 10h09


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Policiais militares e civis fecharam o cerco nas p Policiais militares e civis fecharam o cerco nas p
Moradores do bairro Balneário Lagomar presenciaram desde o início da manhã de quarta-feira (25), uma megaoperação policial visando combater o tráfico de drogas e atos ilícitos cometidos nos bairros vizinhos. 

A ação teve início por volta das 9h30, e desde então um trailer da PM foi instalado na Avenida Atlântica, próximo a Unidade Pronto Atendimento (UPA), contando na operação com 60 policiais, cinco motocicletas e viaturas, três carros do Serviço Reservado da Polícia Militar, conhecido como Serviço de Inteligência da P2, e um caminhão para rebocar os veículos apreendidos, vasculhando as principais ruas, vielas, veículos, e até mesmo abordando suspeitos em vias públicas.

Além do Lagomar, os bairros adjacentes como Engenho da Praia, São José do Barreto e Complexo da Ajuda, também receberam reforço policial, que seguirá por tempo indeterminado, durante 24 horas. 

A ação realizada, de acordo com dados de inteligência, é para combater o aumento de crimes e roubos no município, que segundo o tenente coronel do 32º Batalhão de Polícia Militar (BPM), comandante Ramiro de Oliveira Campos, boa parte dos criminosos está na localidade, acusados de estar por trás dos crimes violentos que assolam o município nas últimas semanas. 

Ramiro Campos comenta que os responsáveis pelos homicídios de dois adolescentes na Estrada do Imburo e de uma mulher, morta a pauladas, identificada como Márcia Costa Witt, de 48 anos, comandam todo o bairro do Lagomar. 

“O objetivo dessa megaoperação é intervir nesse tribunal de inquisição, onde os criminosos tentam dominar a região, já que 40% da população se concentra na localidade”, explica o comandante, onde reitera, “vamos continuar com estas ações diariamente. Não temos uma data para acabar. Vamos agir até estancar os índices criminais”, explicou Ramiro. 

Operação repressiva continua nos bairros 

dentro desses quatro meses, a Polícia Militar fecha o mês de abril, o mais violento em Macaé, dando uma dura resposta aos traficantes que agem no município. No primeiro dia da megaoperação, foram apreendidos  15 motocicletas e 12 veículos na 
localidade.

Para Ramiro Campos, esse é o primeiro resultado do reforço no policiamento dentro de 24 horas. Sendo assim, nesta quinta-feira (26), Lagomar e bairros adjacentes vão contar com as ações de 12 homens da Polícia Militar, além da permanência do trailer na Avenida Atlântica. 

Ramiro declara que outro importante fator que contribui positivamente nas estatísticas é a participação da população no combate ao crime, através do Disque-Denúncia (22) 2765-7296 ou pelo e-mail: linhadireta32bpm@hotmail.com  
“Esses canais são de fáceis acesso e de extrema importância para que a população possa interagir com o nosso Serviço de Inteligência, auxiliando no trabalho da segurança pública. 

Constantemente a PM pede para que as pessoas continuem ligando e passando o máximo de informações possíveis para que os criminosos possam ser identificados e colocados atrás das grades”, finaliza o comandante.  

Autor: Cristian Kupfer/ cristiankupfer@odebateon.com.br

Foto: Cristian Kupfer


    Compartilhe:


publicidade

View Site in Mobile | Classic
Share by: