Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

3 de outubro: Dia do Petróleo Brasileiro

A Petrobras é uma das principais empresas de exploração de petróleo no mundo

Em 03/10/2012 às 10h45


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Considerado como o "ouro negro", o petróleo é atualmente sinônimo de riqueza e poder. Fonte de materiais que são utilizados para a elaboração de diversos produtos, como combustíveis, o óleo bruto é responsável hoje pela impulsão da economia brasileira, assim como de diversos municípios do estado do Rio de Janeiro, em especial Macaé, através do repasse das compensações, fruto dos impactos provocados pelas atividades de exploração e produção.

Diante de toda essa importância, o dia 3 de outubro é reservado para a comemoração do Dia do Petróleo Brasileiro. A substância oleosa e inflamável possui diversas teorias sobre o seu surgimento, mas a mais aceita é que ela surgiu por meio de restos orgânicos de animais e vegetais depositados no fundo de mares e lagos, sofrendo transformações químicas e degradações bacteriológicas ao longo dos anos, formando uma combinação de moléculas de carbono e hidrogênio, os chamados hidrocarbonetos.

O primeiro poço de petróleo foi descoberto nos Estados Unidos, no estado da Pensilvânia, no ano de 1859, com uma pequena região de profundidade, com um pouco mais de 20 metros. Hoje em dia, as escavações chegam a ultrapassar os 6 mil metros, o que torna os Estados Unidos o maior produtor e consumidor mundial.

No Brasil, a primeira sondagem em busca do petróleo foi feita na cidade de Bofete, em São Paulo, entre os anos de 1892 e 1896, quando houve a primeira perfuração com 488 metros de profundidade. Contudo, não foram encontrados indícios do líquido negro, somente água sulfurosa. Somente em 1938 que Oscar Cordeiro descobriu o óleo em um poço de Lobato, no estado da Bahia.

Daí em diante, os campos de petróleo foram sendo descobertos pelo mundo todo e o óleo passa a ser a principal fonte de energia mundial, trazendo crescentes batalhas, guerras e invasões de territórios das mais diversas partes do mundo. A maior quantidade de poços de petróleo está localizada no Oriente Médio, região que possui os maiores exportadores mundiais e as maiores disputas territoriais.

A história do petróleo brasileiro é divida em diferentes fases. Em 1938, o Governo decidiu fazer a nacionalização das riquezas do subsolo brasileiro, criando o Conselho Nacional do Petróleo, com a responsabilidade de fiscalizar as atividades do setor. Em 3 de outubro de 1953, o então presidente Getúlio Vargas, promulgou a Lei 2.004 que possibilitou a criação da Petrobras, em meio a um debate democrático, sendo uma fase marcante para a história brasileira, com o objetivo de executar atividades petrolíferas no Brasil em nome da União.

A Petrobras estabeleceu o monopólio estatal das operações de exploração e produção de petróleo no Brasil de 1954 a 1997. Ao longo destes anos, a empresa se tornou líder na comercialização de derivados de óleo e gás no país, recebendo diversas premiações por seu desempenho no setor. Em agosto de 1997, foi sancionada a Lei nº 9.478, que flexibilizou o monopólio no setor e abriu as atividades da indústria petrolífera brasileira à iniciativa privada. No mesmo ano, o Brasil passou a ser um dos 16 países que produziam mais de um milhão de barris de óleo por dia.

Em 2003, a produção de óleo e gás natural dobrou com relação a 1997, ultrapassando os 2 milhões de barris. Em 2006, a plataforma P-50 deu início às suas atividades no Campo de Albacora Leste, na Bacia de Campos, quando o Brasil conseguiu atingir sua autossuficiência em petróleo.

Hoje em dia, a Petrobras está solidificada como uma das empresas mais importantes do mundo no setor petrolífero, presente em 27 países, além de se tornar referência mundial em responsabilidade social e sustentabilidade. No início deste ano, a companhia foi reconhecida como a petroleira mais sustentável do mundo, através de uma pesquisa realizada pela Management & Excellence (M&E).

O fato é que o petróleo brasileiro está chamando cada vez mais as atenções por seu aumento na produção e pelas grandes reformulações na Petrobras.



Autor: Márcio Siqueira


    Compartilhe:


publicidade

View Site in Mobile | Classic
Share by: