Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Programa ACREDITAR apresenta resultados

O total de operações desde maio chega a quase R$ 120 mil

Em 31/10/2012 às 10h28


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Iniciado há seis meses, o Programa Microcrédito ACREDITAR já conta com 46 empreendedores, sendo que 20 deles foram creditados em outubro. O total de operações desde maio chega a quase R$ 120 mil. No ritmo de crescimento, a expectativa é que o benefício atinja uma média de 150 empreendedores creditados até o final do ano, melhorando os negócios entre os microempresários locais.

Segundo o coordenador do ACREDITAR, Diogo Peralta, este cenário positivo deve-se a facilidades como a baixa taxa de juros (de 0,64% ao mês, com até 12 meses para pagamento), o acompanhamento direto do agente de crédito e a possibilidade de consultoria do Sebrae em caso de dificuldades no negócio. "Os benefícios do microcrédito estão sendo bastante divulgados entre os próprios empreendedores. A procura tem sido muito grande", destacou o coordenador, que atende os clientes na Casa do Empreendedor, em frente ao prédio da Prefeitura.

Os números do relatório do mês de setembro do ACREDITAR mostram o crescimento e o perfil do empreendedor que mais tem apostado no microcrédito para dar um impulso nos seus negócios. O valor médio de créditos foi de cerca de R$ 2,2 mil e, além disso, houve 30 postos de trabalho mantidos e mais 20 gerados desde maio, quando iniciou o processo.

De acordo com os dados, o maior segmento de operações foi no comércio (73,08%), envolvendo 100% do capital de giro nos negócios. O relatório também revelou que um número considerável das pessoas envolvidas no microcrédito (38,46%) tem renda familiar até R$ 1,5 mil, enquanto a maioria (53,85%) têm renda entre R$ 1,5 mil a R$ 3 mil. Boa parte dos negócios envolvidos era informal até o início de 2012. Agora, participando do ACREDITAR, 100% dos creditados operam na economia formal.

Ainda segundo o relatório, a grande maioria dos negócios creditados é realizado por mulheres, representado por 76,92%, contra 23,08% de homens apostando no microcrédito. Além disso, 61,67% dos creditados são solteiros, geralmente com idade entre 36 e 50 anos (42,31%) ou entre 25 e 35 anos (38,46%).

Autor: Assessoria


    Compartilhe:


publicidade

View Site in Mobile | Classic
Share by: