Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Ação social utiliza esporte e educação ambiental como forma de inclusão

ONG Macaé Star promove atividades esportivas e ações de educação ambiental

Em 09/01/2013 às 11h18


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Atualemente, a ONG presta assistência a cerca de 50 famílias carentes de Macaé Atualemente, a ONG presta assistência a cerca de 50 famílias carentes de Macaé
Com o objetivo de promover ações de inclusão, através do esporte, com crianças e jovens carentes de Macaé, a ONG Macaé Star Social Club inaugura na próxima sexta-feira (11), a nova sede, localizada na Virgem Santa.

A iniciativa foi fundada em 18 de julho de 2009, tendo o registro legal no seu CNPJ em 12 de abril de 2010. O grupo de desportistas e simpatizantes fundadores concluiu que o clube seria uma referência para o município em atendimento aos jovens atletas, possibilitando aos mesmos oportunidades igualitárias no que se refere a interação, responsabilidade social e inclusão através do esporte.

"Nós trabalhamos com o esporte como forma de inclusão social, buscando educar as crianças e jovens de grupo de risco, na faixa etária dos 5 aos 12 anos. Além disso, prestamos assistência a família delas, com educação alimentar e acompanhamento escolar. Outra ação que a gente foca muito é a educação ambiental, através do Programa Dia Verde, criado pela Diana Ceh.

Essa questão tem que ser brotada no indivíduo desde pequeno. Enquanto uns trabalham pela preservação, outros estão acabando com o meio ambiente, mas isso não faz com que a gente desista de criar cidadão conscientes e preocupados com o meio em que vivem", frisa Delton de Aguiar Cêh, presidente da ONG.

No próximo sábado (12), acontece a primeira edição de 2013 do Dia Verde. O evento vai receber 15 crianças e jovens no Sana, onde serão oferecidos dois workshops, um sobre coleta seletiva e outro sobre meio ambiente, e uma oficina de reciclagem. 

A ONG conta com diversas parcerias, fixas e temporárias, entre elas, empresas instaladas em Macaé, como, C&C, Atacadão e Corphus Service. Além disso, algumas ações contam com a participação da ONG Doutores Palhaços, que levam lazer e lanches em eventos com os assistidos pela Macaé Star. 

Atualmente a ONG presta serviços gratuitos para  50 famílias, ou seja, uma média de 70 crianças. "Nós realizamos torneios de beach soccer e futebol society. Nós descobrimos talentos aqui e lapidamos eles para enviar aos clubes quando chegam a uma certa idade. Já tivemos casos de atletas que foram descobertos na ONG, como o Alison, que hoje joga no juvenil do Macaé Esporte e  o Fagner Silva, que está sendo preparado para ser levado para testes no Coritiba. Esses atletas fazem parte do Programa "Embrião Soccer", destaca Delton.

Autor: Marianna Fontes/ marifontes@odebateon.com.br

Foto: Marianna Fontes


    Compartilhe:


publicidade

View Site in Mobile | Classic
Share by: