Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Macaé adere ao programa "Crack, é possível vencer".

Plano atenderá usuários em situação de vulnerabilidade social em Macaé.

Em 28/05/2013 às 10h56


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Proposta do programa Proposta do programa "Crack, é possível vencer", garante a integração de ações de saúde, segurança, assistência social,
Macaé é a primeira cidade do interior do Estado do Rio de Janeiro a aderir ao programa federal "Crack, é possível vencer". O plano será atendido pela coordenadoria de Políticas Públicas Sobre Drogas, gerenciado pelo Dr. Gleidson Guimarães e a suplente Camilla Butinholi.

O programa possui três eixos de atuação, entre eles: a prevenção, cuidado e autoridade, e até o momento o governo Federal liberou as duas últimas linhas de intervenção, que consiste em valorizar os dispositivos dos equipamentos das secretarias de Desenvolvimento Social  e Saúde. O termo de adesão prevê para o primeiro semestre de 2014, início da expansão do Plano de Ação Local aprovado pelo Ministério da Justiça.

Segundo informações da Prefeitura Municipal de Macaé, na área de Saúde será contemplado mais uma estratégia de abordagem, "Consultório na rua", com a implantação do Centro de Atenção Psicossocial e Drogas 24 horas (CAPS AD3), com uma unidade de acolhimento aos adultos e duas unidades voltadas ao atendimento infanto-juvenil (esses dois últimos até 2014), financiamento com mais leitos para atendimento em hospitais gerais.

Voltado para Assistência Social, Macaé poderá contar com mais um serviço de abordagem social nas ruas. No eixo autoridade, o município pretende capacitar Guardas Municipais em policiamento de proximidade e receberá um micro-ônibus equipado com câmeras de videomonitoramento que circulará em áreas de vulnerabilidade e risco. 

De acordo com o coordenador de Políticas Públicas Sobre Drogas, Gleison Guimarães, o uso crescente do crack nesses territórios de vulnerabilidade social faz com que o Programa "Crack, é Possível Vencer" seja um reforço de estratégia que o município pretende adotar. 

"Uma das primeiras estratégias que a Coordenadoria e a secretaria de Saúde adotaram foi a capacitação de quase 500 funcionários da rede básica de Saúde - as UBS (Unidades Básicas de Saúde) e ESF (Estratégia Saúde da Família) - através de curso de capacitação em dependência química a fim de viabilizar um maior e melhor acolhimento e orientação aos usuários e suas famílias", explicou Gleison.

Com a liberação de verbas pelo programa do Governo Federal, Macaé poderá ampliar a rede de atenção integral ao usuário de crack e de enfrentamento ao tráfico de drogas.

Plano de Ação Municipal 

O plano de ação municipal foi elaborado pelo Comitê Gestor do Município de Macaé para realização de atividades de planejamento, acompanhamento e monitoramento das ações do Programa "Crack, é possível vencer" (CGMM), criado pelo decreto municipal 37/2013. Sua proposta é garantir a integração das ações do programa nas áreas de saúde, segurança, assistência social, justiça, direitos humanos e educação.

O CGMM é integrado por representantes da Coordenadoria Extraordinária sobre Drogas, do Gabinete do Prefeito, do Vice-Prefeito, da Saúde, da Educação, do Desenvolvimento Social, da Coordenadoria Extraordinária de Assuntos Comunitários e da Ordem Pública.

O programa "Crack, é possível vencer" tem como finalidade prevenir o uso e promover atenção integral ao usuário de crack, além de enfrentar o tráfico de drogas. Sua meta é aumentar a oferta de serviço de tratamento e atenção aos usuários e seus familiares, reduzir a oferta de drogas ilícitas, através do enfrentamento ao tráfico, e promover ações de educação, informação e capacitação.

O governo federal disponibiliza recursos aos estados e municípios que poderão aderir ao programa assumindo contrapartidas e implementando ações de segurança, educação, saúde, assistência social e outras. A meta é que a ampliação dos serviços aconteça até 2014.

Autor: Ana Carolina Benjamin - benjamin@odebateon.com.br

Foto: Divulgação.


    Compartilhe:

Tags: Saúde.


View Site in Mobile | Classic
Share by: