Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

PAM promove Arraiá da Adoção no próximo final de semana.

Feira acontece nos dias 23 e 24 de junho, no Tênis Clube de Macaé, no Centro.

Em 19/06/2013 às 11h33


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Durante a feira vai rolar um bazar beneficente para ajudar com os gastos com os animais. Durante a feira vai rolar um bazar beneficente para ajudar com os gastos com os animais.
Visando arrumar novos lares para cães e gatos retirados das ruas da cidade, o Protetores dos Animais de Macaé (PAM) vai promover nos próximos dias 23 e 24 de junho (domingo e feriado), o Arraiá da Adoção. O evento vai acontecer das 9h às 17h, no Tênis Clube de Macaé - Sede Social (em frente a Praça Veríssimo de Melo, no Centro).

Para adotar é preciso ser maior de 18 anos, levar no dia da feira o comprovante de residência, o CPF e a carteira de identidade. Além disso, a pessoa também terá que assinar um termo de responsabilidade.

Diante disso, é preciso pensar e repensar bem antes de adquirir um animal. O primeiro passo para tomar a decisão de adotar é pensar se está disposto a cuidar de um ser que vive em média 12 anos, podendo chegar a 18 anos (cães) e 20 anos (gatos). Se você é uma pessoa que viaja muito, passa grande parte do dia fora, melhor não adotar, pois o animal é como uma criança, não pode ser abandonado. Além da atenção, os animais dão gastos com rações, vacinas e cuidados veterinários. Esses itens custam dinheiro e a pessoa deve planejar para saber se tem condições de arcar com essas despesas. 

Quem não puder adotar um animal, pode ajudar com doações de rações, medicamentos, coleiras novas e usadas, potinhos de comida, materiais de limpeza, cobertores, edredons, jornais, caminhas, brinquedos para pet, entre outros materiais (novos e usados) para serem utilizados com os animais resgatados pelos protetores. A colaboração também pode ser feita em dinheiro. Tudo que for arrecadado será prestado contas com os colaboradores. 

Além disso, o PAM também está arrecadando produtos novos e seminovos, em bom estado de conservação, inclusive produtos pet, para fazer um bazar, que será realizado no dia da feira. A ideia é levantar fundos para ajudar na manutenção e no tratamento de animais resgatados. Maiores informações podem ser obtidas através dos números: 9739-1419 ou 9217-2202. 
O PAM foi criado em 2006, não possui abrigo e não tem condições de resgatar animais. Esse movimento social tem como objetivos lutar pela implantação de políticas públicas de proteção e bem-estar animal em Macaé; promover ações de conscientização e pedagógicas dos direitos dos animais domésticos e silvestres; divulgar animais para adoção e anunciar animais achados e perdidos (Facebook); criar um banco de dados das ações das (os) voluntárias (os) da Proteção Animal e articular-se com o movimento nacional de proteção animal. Atualmente ele presta assistência a mais de 50 cães e gatos, entre eles, filhotes, animais doentes e deficientes.

Autor: Marianna Fontes - marifontes@odebateon.com.br

Foto: Divulgação/PAM.


    Compartilhe:

Tags: Cães e Gatos.


View Site in Mobile | Classic
Share by: