Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Obra do DPO de Glicério recebe a visita do comandante geral da PMERJ

Com apoio de moradores e do Conselho de Segurança, previsão de término das obras é de três meses

Em 26/08/2017 às 13h27


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Obra do DPO de Glicério recebe a visita do comandante geral da PMERJ, coronel Wolney Dias Obra do DPO de Glicério recebe a visita do comandante geral da PMERJ, coronel Wolney Dias
Após o empenho de moradores de Glicério, através da Associação de Moradores e Conselho Comunitário de Segurança Pública (CCSP) de Macaé, a reforma do Departamento de Policiamento Ostensivo (DPO), na região central de Glicério, tem se tornado uma realidade. 

Na quinta-feira (24), as obras do DPO receberam a visita do comandante geral da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ), coronel Wolney Dias, que esteve no local com o objetivo de vistoriar a reforma e conversar com as lideranças envolvidas no projeto, ou seja, os moradores de Glicério e região, através das associações de moradores dos distritos serranos.

De acordo com o presidente da Associação de Moradores de Glicério, um dos principais envolvidos na ação de reforma do DPO, Hyago Dorneles, o comandante geral se posicionou bem favorável a todo o projeto.
"A visita do comandante foi de extrema importância pra gente. Eu tive a oportunidade de mostrar o andamento das obras, como os moradores abraçaram a causa, e colaboram trabalhando na reforma. Além disso, pude mostrar também todo o projeto do DPO e dar uma previsão de inauguração, que acreditamos ser de no máximo dois a três meses", enfatizou Hyago.

O presidente da associação de Glicério também disse que conseguiu levar para o coronel Wolney outras demandas de insegurança, que a região serrana têm vivenciado. Ele aproveitou para relatar os problemas que variam desde tráfico de drogas, ao aumento da criminalidade, como roubos e furtos.

"A cobrança por mais segurança em Glicério está muito grande, há anos que cobramos pelas melhorias aqui na região. O DPO vem hoje trazer esse alívio na segurança dos moradores daqui. Aproveitei e ressaltei sobre o trabalho de inteligência da Polícia Militar aqui na serra. Pedi para que eles tivessem mais este olhar pela região, já que, por conta da atual questão socioeconômica vivenciada pelo Estado do Rio de Janeiro, a região serrana de Macaé, também tem sofrido com o aumento da criminalidade e maior incidência de tráfico de drogas. Por isso, a importância do trabalho de inteligência aqui nos nossos distritos. Os presidentes das Associações de Moradores do Frade e Córrego do Outro também tiveram oportunidade de apresentar algumas questões, sendo este encontro bem proveitoso para todos nós", disse Hyago.

Por fim, o presidente da Associação de Moradores de Glicério agradeceu as parcerias e a ajuda que todos têm dado para que este importante projeto para a comunidade serrana se torne, mais uma vez, realidade. 

"Agora só temos que agradecer muito a volta desse DPO que, para nós, moradores, é de extrema importância, principalmente porque conseguimos trazer o DPO para a rua principal, melhorando assim, o acesso para os moradores e a presença da própria polícia na comunidade é ainda maior. Agradeço também os moradores, o Patrick Moraes, do Conselho de Segurança e o comandante Vollmer do 32º BPM, que foi representado pelo subcomandante Palloti no dia da visita", finalizou.

Para a reforma do DPO, os moradores ainda precisam da doação de alguns materiais de construção, quem quiser ajudar pode entrar em contato com o presidente da Associação de Moradores de Glicério, na sede da associação, que fica localizada na Rua Lauro Gonçalves Pacheco, na Praça principal de Glicério, ao lado do local onde está sendo construído o DPO, ou podem entrar em contato com Hyago pelo telefone: (22) 99205-7087.

Autor: Ludmila Fernandes ludmila@odebateon.com.br

Foto: Divulgação


    Compartilhe:

Tags: polícia


View Site in Mobile | Classic
Share by: