Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Semana de debates decisivos para o futuro dos municípios produtores

Audiências Públicas colocarão em debate a proposta de revisão da alíquota dos royalties avaliada pela ANP

Em 04/09/2017 às 14h42


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Revitalização de campos maduros vai gerar novas demandas de serviços para empresas locais Revitalização de campos maduros vai gerar novas demandas de serviços para empresas locais
A revisão da alíquota dos royalties sobre o petróleo novo, extraído a partir da recuperação do fator de produção dos campos maduros, será a base das discussões decisivas sobre o futuro do mercado do petróleo nacional, e dos municípios produtores, que acontecem nesta semana em Macaé e no Rio de Janeiro.

Propostas pelos poderes Legislativos municipal e estadual, duas Audiências Públicas auxiliarão na avaliação da posição de agentes públicos e instituições offshore, que avaliam as dimensões de uma medida audaciosa no ponto de vista econômico, mas extremamente técnica, na visão de quem realmente entende de petróleo.

Na terça-feira (5), a Câmara de Vereadores sediará a discussão sobre o futuro do mercado do petróleo, através de um requerimento aprovado nesta semana, elaborado pelo presidente da Casa, Dr. Eduardo Cardoso (PPS).
No dia seguinte, na quarta-feira (6), será a vez da Comissão de Minas e Energia da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) promover a discussão ampla sobre a revisão dos royalties, como um viés necessário à revitalização dos campos maduros.

Dados que apontam US$ 57 milhões de investimentos, produção de 2,2 bilhões de barris e a geração de mais de R$ 34 bilhões em royalties e Participação Especial serão avaliados por prefeitos, pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), por instituições privadas e por empresas que já demonstrarm total interesse de garantir para a Bacia de Campos a sobrevida necessária para reativar produção e abrir milhares de postos de trabalho.
As duas Audências derão a oportunidade para que a população também possa opinar sobre o futuro do petróleo no país.

Autor: Márcio Siqueira marcio@odebateon.com.br

Foto: Kaná Manhães


    Compartilhe:

Tags: política


View Site in Mobile | Classic
Share by: