Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Brasileirão: Macaé decide o seu futuro na última rodada

Vitória contra o Tombense neste sábado pode salvar o Leão do rebaixamento na Série C

Em 09/09/2017 às 07h59


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Em caso de empate ou derrota, time vai depender do resultado do Bragantino Em caso de empate ou derrota, time vai depender do resultado do Bragantino

Ainda abalados com a derrota por 3 a 0 para o lanterna Mogi Mirim, o Macaé Esporte depende de um bom desempenho dentro de campo para se garantir na Série C do Campeonato Brasileiro. Em caso de empate ou derrota, o Alvianil Praiano precisará contar com a sorte para não ser rebaixado.

Isso porque o seu maior rival na briga pela permanência na terceira divisão, o Bragantino, conquistou o mesmo número de pontos que o time do norte fluminense (18 pontos) com o empate por 1 a 1 com o Joinville na última rodada. 

No entanto, o Macaé se mantém à frente com a vantagem de duas vitórias. Caso o Leão vença o Tombense, seu adversário na última rodada da primeira fase da competição, o Massa Bruta já estaria, automaticamente, rebaixado. 
Em caso de empate do Leão, a permanência dependeria de um empate do time paulista ou uma derrota. A situação ficaria ainda mais complicada para a equipe carioca caso ela perca e o Bragantino empate ou vença o vice-líder, Tupi-MG na 18ª rodada.

Em entrevista ao portal G1 essa semana, o técnico Josué Teixeira, responsável pela conquista do Macaé em 2014, quando foi campeão da Série C e conquistou o acesso inédito à segunda divisão, fez duras críticas ao desempenho da equipe na última partida.

"Sabíamos que seria um jogo difícil, até porque o Mogi Mirim jogava sem responsabilidade. Mas entramos em campo muito relaxados e tivemos um desempenho apático. Jogamos mal e, em três contra-ataques, perdemos a partida. Nós fomos muito passivos. Foi uma diferença muito grande em comparação com os outros jogos. Não jogamos, não tivemos posse de bola, não desarmamos. Foi a nossa pior partida", declarou. 

Apesar do resultado, o treinador confia no trabalho dos jogadores dentro de campo. "Só depende da gente. Fugir do rebaixamento sempre foi o nosso foco. Se tivéssemos ganhado do Mogi, já teríamos escapado. O semblante dos jogadores após a partida demonstra abatimento. Agora, vamos trabalhar forte durante a semana para termos resultado", completou. 

O jogo contra o Tombense será neste sábado (9), às 17h30, no Moacyrzão. O adversário está em quarto lugar na tabela do Grupo B com 25 pontos e briga pela vaga na segunda fase da competição. Os ingressos para o jogo podem ser adquiridos na bilheteria do estádio. 

Autor: Marianna Fontes

Foto: Kaná Manhães


    Compartilhe:

Tags: esporte


View Site in Mobile | Classic
Share by: