Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Escola Michi de Karatê é referência na formação de atletas na cidade

A escola oferece aulas para crianças com idade a partir de cinco anos. As atividades acontecem às 2ª, 4ª e 6ª feiras

Em 17/10/2017 às 11h31


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Atletas durante seminário realizado no início deste mês, em Saquarema Atletas durante seminário realizado no início deste mês, em Saquarema
Mesmo em meio a falta de patrocínio, pouco a pouco os atletas vão se consagrando campeões na cidade. Entre as diversas modalidades estão judô, jiu-jitsu e karatê. No karatê, a Escola Michi vem se tornando referência e contribuindo cada vez mais com a formação de novos atletas. 

De acordo com o professor Adenilson Aprígio, é uma escola preparatória que oferece aulas para todas as idades. Ele explica que, apesar de ser uma arte milenar, Arte da mão vazia, a origem do karatê remonta de milhares de anos.

"Como é conhecida hoje em dia, a arte marcial foi exportada para OKINAWA e mistura as técnicas de luta das ilhas nipônicas. O senhor de okinawa antiga, e mais tarde, o chefe feudal de kagoshima, baniram o uso de armas, nascendo daí o desenvolvimento da luta da mão vazia e as técnicas de autodefesa. Esta arte marcial, de acordo com sua origem chinesa, foi batizada como karatê. Já o mestre moderno desta arte, Gighin Funakoshi morreu em 1957, com 88 anos. Para ele, o karatê era não só uma arte marcial, mas também uma maneira de construir o caráter", explicou. 

No município, a Escola Michi de Karatê fica na Avenida Nossa Senhora da Gloria , n° 973, Cavaleiros, na (IUPI) Academia infantil sob a responsabilidade dos professores Adenilson Aprígio e Maria Caroline da Cunha Gonçalves 
Os interessados em obter mais informações sobre a escola podem fazer contato pelos telefones (22) 99767-8557 ou (22)-2773-2341. 

As aulas na Escola Michi acontecem às segundas, quartas e sextas-feiras.  "O karatê é de fundamental importância na vida das crianças, além de trabalhar a coordenação motora, flexibilidade, postura, ansiedade, também ensina o respeito um pelo outro", enfatizou Adenilson Aprígio. 

No início deste mês representantes da Escola Michi participaram do Seminário de Karatê dos Jogos Olímpicos de 2020. O evento contou com palestras e com a participação do professor e presidente da Federação de Karatê do Estado do Rio de Janeiro (FKERJ), Juarez Santos. A programação contou também com o treinamento de karatê com o professor Fernando Gomes da Silva. 

"Estavam presentes atletas de várias academias de todos os estados do Rio de Janeiro e municípios. De Macaé, estávamos eu, Adenilson, da Escola Michi e também a Professora Samara Jardim. O evento foi no Ginásio da Faetec, em Bacaxá, Saquarema.   

Autor: Juliane Reis Juliane@odebateon.com.br

Foto: Divulgação


    Compartilhe:

Tags: esporte


View Site in Mobile | Classic
Share by: