Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Serviço de equoterapia chega à região Serrana

Desde o inicio de outubro, a secretaria municipal de Agroeconomia está oferecendo atividades no Parque de Exposições de Córrego do Ouro

Em 09/11/2017 às 12h17


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Em Córrego do Ouro, a atividade é oferecida toda sexta-feira, das 8h às 12h, e já conta com doze praticantes e onze na l Em Córrego do Ouro, a atividade é oferecida toda sexta-feira, das 8h às 12h, e já conta com doze praticantes e onze na l
A equoterapia é um método terapêutico que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem interdisciplinar nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiência. No entanto, nem sempre o serviço é oferecido a quem precisa. Mas em Macaé os munícipes têm o que comemorar. O atendimento, que antes já era oferecido no Parque de Exposições Latiff Mussi, passou a ser disponibilizado também na região serrana, em Córrego do Ouro. Dessa forma, as pessoas que precisam de atendimento não precisam se deslocar até a cidade.

Os serviços são oferecidos pelo Centro de Equoterapia Passo Amigo, que foi reinaugurado em 12 de junho de 2013. Já em Córrego do Ouro, o espaço foi reinaugurado em 6 de outubro deste ano, pois estava sem funcionar desde dezembro de 2015.

Em entrevista à redação do Jornal, a coordenadora do Projeto, Cymone Camolezi da Silva Junger, explicou que a acessibilidade é fundamental, e que muitos praticantes se deslocavam do Sana para vir a Macaé fazer a terapia. Por isso, a possibilidade de realizar os exercícios em local mais próximo de suas residências é bem melhor, já que evitam o desgaste com a viagem.

"Com a posse em maio deste ano do Secretário de Agronomia, Sr. Alcenir Maia Costa, o Centro de Equoterapia Passo Amigo de Macaé aumentou o número de praticantes de 120 para 180. E existe ainda uma fila de espera de 70 inscritos, pessoas com necessidade especiais e/ou deficiência física. Além disso, com a posse do novo Secretário, o coordenador antigo Sr. José Eduardo Junger Alves retomou suas atividades no Espaço de Córrego do Ouro. Ele é fisioterapeuta e profissional de equitação", explicou.

Cymone ressalta ainda que a equipe que atua em ambos os espaços é multidisciplinar, composta por fisioterapeutas, psicólogos, equitadores, auxiliares, tratadores e professor de educação física. "A Equoterapia é muito procurada pelos munícipes e também por pessoas de cidades vizinhas, tendo em vista não haver nas proximidades um Centro de Equoterapia filiado à Associação Nacional de Equoterapia que preste um serviço de excelência custeado pela Prefeitura, como é o caso do Passo Amigo", disse.

Para participar do Projeto, o interessado deve entrar em contato com Cymone Camolezi, pelo telefone (22)  99958-2072. Será necessário informar  os seguintes dados: nome completo, nome do responsável, endereço, telefone, diagnóstico e disponibilidade para fazer a terapia. Também é indispensável o encaminhamento médico para a realização da atividade, e assim que houver vagas, a equipe convoca o interessado para uma avaliação com a equipe multidisciplinar. E, se for o caso, começará a terapia. Os interessados também podem procurar diretamente os profissionais no Parque de Exposições para fazer a inscrição pessoalmente.


Cymone informa que o "Passo" dispõe de transporte às segundas, terças e quintas-feiras e que acompanha as pessoas que têm dificuldades de locomoção. Ainda de acordo com a coordenadora, a prática da equoterapia objetiva benefícios físicos, psíquicos, educacionais e sociais de pessoas com deficiências físicas e/ou mentais e  com necessidades especiais, sendo indicada nos seguintes quadros clínicos: doenças genéticas, neurológicas, ortopédicas, musculares e clínico-metabólicas; sequelas de traumas e cirurgias; doenças mentais, distúrbios psicológicos e comportamentais.

Atualmente, cerca de 180 praticantes realizam a terapia no interior do Parque de Exposições Latiff Mussi Rocha, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. E no Parque de Exposições de Córrego do Ouro são 12 praticantes atendidos às sextas-feiras, das 8h às 17h, e já existem 11 interessados em lista de espera. 

Principais resultados obtidos com a equoterapia:

·   Melhoria da qualidade de vida

·   Melhora do equilíbrio

·   Aumento da autoestima e autoconfiança

·   Formação de novos vínculos afetivos

·   Estimulação da linguagem gestual e oral

·   Aquisição de novas habilidades psicomotoras

·   Maior autonomia

·   Maior controle emocional

·   Melhora na autodisciplina

·   Melhora da competência cognitiva

Autor: Juliane Reis Juliane@odebateon.com.br

Foto: Divulgação


    Compartilhe:

Tags: cidade, social


View Site in Mobile | Classic
Share by: