Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Vítimas de roubo a posto de saúde não registram ocorrência

Polícia Militar reforça importância de comparecimento na delegacia

Em 11/11/2017 às 07h58


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Na tarde de quinta-feira (9), o Posto de Saúde da Aroeira sofreu um assalto a mão armada. Os funcionários e pessoas que aguardavam pelo atendimento no local tiveram alguns bens materiais levados por dois criminosos. Apesar da grande repercussão do fato, nenhuma das vítimas esteve na 123ª DP para registrar o roubo.

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), uma guarnição foi ao local quando a polícia foi acionada. Em contato com três das vítimas, elas informaram que havia sido levado um notebook e um aparelho de celular, e que todos ficaram muito nervosos diante da agressividade dos elementos, que portavam uma arma e estavam a pé.

A guarnição, então, pediu que as vítimas fossem até a delegacia para realizar o Boletim de Ocorrência, mas elas se opuseram por estarem com medo. Em seguida, a PM enviou até o bairro Aroeira a equipe do Serviço de Inteligência, com o objetivo de levantar dados pertinentes ao crime, mas o posto de saúde estava fechado. A mesma equipe foi até a delegacia de Macaé verificar a ocorrência, mas não havia registros sobre o fato.

É importante ressaltar que é de extrema importância para a Polícia Militar que o cidadão registre as ocorrências, já que os registros servem como base para montar a segurança da cidade. De acordo com os registros são verificadas as manchas criminais, e assim o policiamento é destinado aos locais com maior incidência de crimes.

Autor: Ludmila Fernandes ludmila@odebateon.com.br


    Compartilhe:

Tags: polícia


View Site in Mobile | Classic
Share by: