Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Cabiúnas: DER-RJ não cumpre prazo de recuperação na RJ-106

Cratera no acostamento já afeta parte da pista. Jornal O DEBATE vem denunciando o problema desde 2015

Em 07/12/2017 às 11h42


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Problema registrado desde 2015 vem se agravando. Avaria já começa a tomar parte da pista de rolamento Problema registrado desde 2015 vem se agravando. Avaria já começa a tomar parte da pista de rolamento
Não é de hoje que o jornal O DEBATE vem relatando os problemas nas estradas do interior do estado, em especial a RJ-106, uma das principais vias que corta a cidade de Macaé. E é na Rodovia Amaral Peixoto onde a nossa equipe vem denunciando há cerca de dois anos uma cratera no acostamento, na altura de Cabiúnas.

Ao longo desse tempo, o Governo do Estado fez várias promessas de que iria solucionar o problema. Inclusive, a última delas foi em outubro, quando o Departamento de Estradas de Rodagem do Rio de Janeiro (DER-RJ) informou que a recuperação do asfalto seria feita até o dia 16 daquele mês. 

Após não cumprir o prazo, o órgão foi novamente procurado pela nossa equipe de reportagem no final de outubro. Em nota, ele informou que o serviço precisou ser adiado por "conta do processo de fabricação das placas que ficarão no local", que, segundo ele, "ainda não estariam prontas". O novo prazo dado era de duas semanas, ou seja, primeira quinzena de novembro, o que não aconteceu. 

Por ser um dos principais acessos à cidade para quem vem da BR-101, motoristas arriscam diariamente suas vidas ao passar pelo trecho. Essa falta de clareza tem tirado do sério a população, que volta a reivindicar as melhorias na rodovia. 

"Passo aqui toda semana para ir a Campos e está realmente perigoso. Cada dia aumenta a cratera, tanto que começou no canto do acostamento e hoje está afetando parte da pista de rolamento. Com as chuvas a tendência é piorar ainda mais. Vai chegar a um ponto que terão que interditar a rodovia se não fizerem logo algo, ou o pior, alguém sofrer um acidente a ponto de perder a vida. O que falta para o poder público fazer algo? Cadê as autoridades municipais para pressionar? Uma via de grande importância como essa abandonada. Enquanto isso a gente segue pagando os impostos cada dia mais altos", diz Joseane Fernandes.

Comparando uma imagem feita pela nossa equipe recentemente com outra foto tirada em fevereiro do ano passado, é possível ver que a erosão causou grandes danos à rodovia. Se antes o perigo ficava restrito ao acostamento, agora a falta de manutenção começa a refletir na pista de rolamento. 

"O pior é que fica em uma curva fechada. De dia está perigoso, mas à noite é pior ainda, devido a escuridão. Vão esperar alguém perder a vida para tomar uma atitude?", questiona Paulo Henrique, morador de Conceição de Macabu. 
No final de agosto, a Câmara de Vereadores cobrou do Governo do Estado do Rio a reforma do trecho. O pedido reforçou a necessidade de revitalização da pista, antes que um dos principais acessos da BR 101 a Macaé seja comprometido.

Os parlamentares também ressaltaram a necessidade da prefeitura ser mais ativa nessa questão, compartilhando com o Estado os esforços para solucionar o problema. 

A nossa equipe entrou em contato com o DER-RJ para saber o motivo do atraso e a previsão de quando o serviço será realizado, no entanto, até o encerramento desta edição o órgão não se pronunciou sobre o caso. 

O DER-RJ foi criado por meio do Decreto-Lei 693/1943. Ele tem autonomia administrativa e amplas atribuições relativas à conservação e construção de rodovias. Cabe também a ele manter e operar as vias estaduais, além de planejar e fiscalizar o trânsito, de modo que assegure a segurança dos condutores.

A RJ-106 é uma rodovia estadual e conta, ao todo, com 200 quilômetros de extensão, ligando a RJ-104, na altura de São Gonçalo, à BR-101, na altura de Macaé. Somente em Macaé, ela corta um trecho, que passa dentro da região central, de 23,2 Km.

Autor: Marianna Fontes marifontes@odebateon.com.br

Foto: Kaná Manhães


    Compartilhe:

Tags: cidade, geral


View Site in Mobile | Classic
Share by: