Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Investimentos da Petrobras têm alta

Plano de Negócios da companhia prevê US$ 74 bilhões para elevar participação no mercado internacional

Em 29/12/2017 às 15h20


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Petrobras quer alcançar produção de óleo e gás, no Brasil e no exterior, de 3,55 milhões de barris de óleo por dia Petrobras quer alcançar produção de óleo e gás, no Brasil e no exterior, de 3,55 milhões de barris de óleo por dia
O volume de investimentos previstos pela Petrobras para os próximos cinco anos é 0,5% superior ao plano anterior 2017-2020, que era de US$ 74,1 bilhões. Esse é o primeiro aumento no volume de investimentos desde o início do processo de reestruturação da companhia.

Além de praticamente manter a carteira de investimentos do PNG 2018-2022 no mesmo nível em relação ao PNG 2017-2021, e continuar priorizando os projetos de exploração e produção de petróleo no Brasil, a Petrobras preocupa-se nas demais áreas de negócios em manter a prioridade dos investimentos basicamente para as operações e os projetos relacionados ao escoamento da produção de petróleo e gás natural.

Em relação aos custos operacionais, a companhia continua com esforços de redução, prevendo US$ 136,8 bilhões de gastos operacionais gerenciáveis no PNG 2018-2022.

A empresa também mantém o programa de parcerias e desinvestimentos como parte importante do plano e sua realização atingiu US$ 13,6 bilhões no biênio 2015-2016, e deverá ser mesmo para o biênio 2017-2018: cerca de US$ 21 bilhões.

Neste sentido, a empresa se propõe a otimizar o portfólio de negócios, "saindo integralmente das atividades de produção de biocombustíveis, distribuição de GLP (gás liquefeito de petróleo), produção de fertilizantes e das participações em petroquímica, preservando competências tecnológicas em áreas com potencial de desenvolvimento".

"Essas iniciativas, associadas a uma geração operacional de caixa estimada em US$ 141,5 bilhões, após dividendos, permitirão à Petrobras realizar seus investimentos e reduzir seu endividamento, sem necessidade de novas captações líquidas no horizonte do plano", sustenta a estatal.

No Plano de Negócios e Gestão 2018-2020, a Petrobras espera alcançar uma produção total de óleo e gás, no Brasil e no exterior, de 3,55 milhões de barris de óleo equivalente por dia (petróleo e gás natural, em 2022, sendo 2,88 milhões de barris por dia (bpd) de óleo e líquido de gás natural (LGN) no Brasil, já considerando os investimentos, parcerias e desinvestimentos.

Autor: O DEBATE

Foto: Agência Brasil


    Compartilhe:

Tags: economia, offshore


View Site in Mobile | Classic
Share by: