Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Joseilton Silva fala sobre as expectativas para 2018

Após conquistar três mundiais, atleta deseja melhorar o desempenho e promover a inclusão pelo esporte

Em 02/01/2018 às 11h00


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Depois de três mundiais em 2017, Joseilton espera alçar voos mais altos no próximo ano Depois de três mundiais em 2017, Joseilton espera alçar voos mais altos no próximo ano
Mesmo sem patrocínio, contando apenas com o apoio e ajuda de amigos e parceiros, Joseilton Silva mostrou que, quando se tem determinação, nada é impossível. Após um ano de grandes conquistas, o atleta tem grandes expectativas para 2018, onde espera alçar voos ainda mais altos. 

"Já começo o ano otimista porque os resultados desse ano me geraram grandes parcerias com a nutricionista Ana Caroline, além do apoio do Mundo Verde de Macaé, que vai me oferecer os suplementos necessários para minha alimentação, e a academia Essencial Fitness, onde poderei melhorar ainda mais o meu rendimento complementando meus treinos. Acredito que, com isso, terei mais incentivo e preparação para garantir um desempenho ainda maior", diz "Papa-léguas", como é popularmente conhecido.

Sem Bolsa-Atleta, ou qualquer incentivo do poder público, Joseilton busca sempre alternativas para conseguir o recurso para participar das provas. Uma delas é a comercialização da sua camiseta, vendida pelo valor de R$ 40 (mais frete para quem não é de Macaé). 

"Sempre conto com a ajuda de amigos, mas nem sempre isso é possível. Por isso busco formas de conseguir o dinheiro para competir. A venda das camisetas está sendo um sucesso. Já vendi 140 em uma semana. Quem quiser, entre em contato comigo para saber como garantir a sua", ressalta.

Um dos seus grandes focos é o XTERRA no Havaí (EUA), onde garantiu a vaga em 2018 após o resultado nesse ano. "Foi uma experiência única na minha vida, que nunca imaginei que seria possível. Foi graças ao esporte que conheci novos lugares, culturas e pessoas. Mesmo sem apoio do governo, fui lá e fiz questão de representar o Brasil, Macaé e os meus povoados em Sergipe", conta.

Antes disso, Joseilton ainda terá muitas provas pela frente. A primeira será no dia 18 de março, em São Paulo. "Será, logo de cara, uma corrida Trail Run. Ao todo, vão ser 23 quilômetros com vários níveis de intensidade. Para isso preciso estar bem fisicamente", diz.

Logo em seguida já vem a primeira fora do país: a Ultra do Uruguai, prova que ele já conhece bem. "Foi a minha primeira corrida internacional. Quero voltar no próximo ano. Já está tudo encaminhado, só falta comprar as passagens", explica ele que irá aproveitar janeiro e fevereiro para treinar. "Vou focar na preparação nesses dois meses para começar bem", completa.
Se possível, o atleta espera conseguir esse ano participar das maiores provas mundiais. "Tenho o sonho de participar das maratonas de Boston (EUA) e de Londres (ING). Se tudo der certo, quem sabe eu não vá dessa vez", comenta.

Natural do nordeste, o atleta tem um grande sonho: promover uma prova na sua terra natal: os povoados de Flexeiras e Curral do Meio. "Quero incentivar a prática esportiva no local onde nasci e fui criado. Infelizmente a falta de oportunidade contribuiu para o crescimento da violência lá. Meu sonho é fazer essa corrida lá como forma de mostrar que, mesmo em meio às dificuldades, o esporte pode transformar vidas. Quem sabe não consiga tornar isso realidade e ajudar os jovens de lá", finalizou. 

Joseilton divide o tempo de atleta com o seu trabalho de pedreiro e vigia. E não tem desculpas. Sempre que tem um tempo livre, ele faz questão de treinar. Para o atleta, a prática esportiva é muito mais do que um bem para a saúde ou medalhas: é uma paixão da qual não abre mão.

Os interessados em conhecer mais sobre a sua trajetória, ajudar/patrocinar podem entrar em contato com Joseilton através do telefone: (22) 99784-6087, por e-mail: joseilton.silva.santos@outlook.com ou no Facebook: Joseilton da Silva Silva Santos.

Autor: Marianna Fontes marifontes@odebateon.com.br

Foto: Wanderley Gil


    Compartilhe:

Tags: esporte


View Site in Mobile | Classic
Share by: