Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Tropa do tráfico na mira de helicópteros da PM

Duas aeronaves reforçam estratégia para afastar bandidos da mata na Restinga de Jurubatiba

Em 10/01/2018 às 16h59


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Aeronaves seguem em Macaé por tempo indeterminado para reconhecimento de área Aeronaves seguem em Macaé por tempo indeterminado para reconhecimento de área
Entrincheirados na mata densa do Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba, a tropa da facção ADA (Amigo dos Amigos) que tentou dominar o tráfico de drogas no Lagomar, ainda resiste à incursão da Força Especial composta pelas Polícias Federal, Civil e Militar que desde terça-feira (9) tenta prender os bandidos que mataram um policial do 32º Batalhão da PM em Macaé e mandaram atear fogo em cinco coletivos do transporte municipal da cidade.

Na tarde de terça-feira e durante a madrugada de quarta (10), nove bandidos foram vistos pela câmera especial, acoplada a aeronave "esquilo", que sobrevoa a região do Lagomar, coordenada pelo GAM - o Grupamento Aeromóvel do Comando Geral da Polícia Militar.

Coordenados pela comandante Clarissa Antunes, 12 soldados do GAM operam também uma segunda aeronave, a Heuy, um helicóptero blindado e equipado com artilharia pesada, que na terça-feira efetuou disparos no perímetro onde os bandidos tentaram se esconder no meio da mata.

As duas aeronaves auxiliam na operação mantida pela Força Especial com objetivo de restabelecer a ordem no bairro, ainda dominado pelo clima tenso.

Com o sistema moderno, a aeronave esquilo ajudou a identificar também as armas utilizadas pelos bandidos para resistir ao cerco. Até hoje (10), dois fuzís e pistolas foram vistos com os bandidos que seguem escondidos na mata.

As duas aeronaves seguem em Macaé por tempo indeterminado, enquanto durar a operação de busca dos bandidos. De acordo com a estratégia do 32º Batalhão da PM, as aeronaves também poderão ser utilizadas em operações de fiscalização em outras comunidades da cidade, como Nova Holanda, Nova Esperança e Linha.

Autor: O DEBATE

Foto: Wanderley Gil


    Compartilhe:

Tags: polícia


View Site in Mobile | Classic
Share by: