Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

É preciso estar atento e forte

Em 25/10/2008 às 18h12


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Jesus gostava de ilustrar o que dizia com histórias tiradas da vida diária de seus discípulos. Em Mateus 24.45-51, Jesus dá o exemplo de dois servidores para mostrar duas atitudes apostas em relação a Deus. Um deles, a quem o seu mestre entregou o trabalho de providenciar o alimento para seus trabalhadores, foi fiel e prudente ao executar suas tarefas. Em conseqüência, será feliz, pois estará cumprindo fielmente as ordens de seu mestre quando ele voltar. Como recompensa, será encarregado de cuidar de todos os seus bens.

O outro servidor é calculista e pensa consigo mesmo que o patrão não voltará tão cedo e se põe a maltratar os companheiros, aqueles que lhe foram confiados e a comer e beber sem medidas, desobedecendo a seu senhor. Em conseqüência, o seu destino será diferente do primeiro: na inesperada volta, o patrão o expulsará e o condenará ao destino dos hipócritas. Então haverá choro e desespero.

É isso, Deus que nos criou, também nos salvou em Jesus Cristo. Com este gesto de amor, ele nos confiou uma missão bem específica: viver coerentes como filhos de Deus e testemunhar a salvação em palavra e ação. Felizes seremos se Jesus, ao voltar, nos encontrar atentos, firmes na fé e ativos no amor ao próximo.

Oração: "Senhor, nós queremos ser testemunhas vibrantes do teu amor; queremos que nos encontres vigilantes, cuidando da tua obra, de modo fiel e dedicado. Que o Espírito Santo nos ilumine e nos guie para que sejamos bons servidores. Por Jesus Cristo. Amém".


    Compartilhe:


publicidade

View Site in Mobile | Classic
Share by: